EntreDevs: por que amei tanto?

O evento EntreDevs aconteceu internamente no PagSeguro e lá tive a chance de contar como foi construir um design system do zero com o time de frontend.

Como vocês leram em outro artigo: ano passado eu comecei a trabalhar no PagSeguro. Para mim foi e está sendo uma experiência incrível até hoje. Cada dia um novo desafio, um novo aprendizado, um novo problema (claro!) e um novo jeito de ajudar nosso cliente final (como não amar?).

Apesar de todos esses pontos nós fronts vimos ainda que faltava algo. Nós temos um grande companheirismo entre nós, temos a cultura do reutilização e de open source dentro do eco sistema PagSeguro, algo que foi conquistado nos últimos anos (começando antes de eu entrar la).

Porém ainda faltava mais: estávamos sentimos falta de compartilhar nossa experiência e nosso conhecimento, só que ao vivo, em uma sala, em um grupo onde todos pudessem questionar e agregar.

O conceito MVP sendo aplicado onde menos esperamos

Então em um belo dia alguns fronts junto com parte do time de agile do pags tiveram a ideia de fazer o seguinte MVP: agendar uma sala, fazer um coffebreak (glória a Deus), criar adesivos, conseguir brindes para sorteios, chamar alguns palestrantes e enviar um email convidando o pessoal tanto do PagSeguro como do UOL.

Quem não ama adesivos e sorteios nos eventos?
Quem não ama adesivos e sorteios nos eventos?

Dentre os convidados estava eu, chegaram em mim e falaram: "preciso que você palestre, nos mande o assunto em alguns dias".

Percebi nessa hora onde tinha entrado

Ja fiquei super animado, aceitei na hora! No momento inicial não fazia ideia do que falar ao mesmo tempo que percebi o tamanho da responsabilidade que tinha em mãos, afinal de contas é o time de frontend do grupo UOL que estaria assistindo.

Então surgiram algumas perguntas na minha mente: o que tantos profissionais que já sabem tanto podem aprender de novo através de mim? Será que vale a pena falar unicamente de assuntos técnicos? Será que eu vou precisar codar la no real time (não sou bom nisso, sério)? Será que se eu não falar nada de código o pessoal vai gostar? Foram muitas perguntaaaaas de uma vez!

Após me acalmar (tomar uns gardenal, mentira kkk), pensar um pouco e colocar as ideias no lugar resolvi falar sobre o projeto que estive atuando desde maio: o iBanking para grandes clientes do PagSeguro. Então dividi minha palestra em duas partes: técnico e não técnico.

Procurei falar sobre as tecnologias que utilizamos. Falei sobre React, Redux, NextJS e outras coisas legais (não teve real time code, mas teve demonstração já escrita), falei também sobre "componentização" e reutilização de código e por fim sobre como é importante que o desenvolvedor se enxergue como dono do produto e como grande parte da empresa.

O resultado do MVP foi um sucesso!

A sala estava cheia, com pessoas sentadas até no chão (eu fui um desses inclusive, depois que terminei de palestrar). Algumas fotos a seguir: